Grêmio Estudantil do Cotuca

Grêmio estudantil é o órgão máximo da representação dos alunos de uma escola, ou seja, seu objetivo é representar e juntar nossas forças para exercer nossos deveres e reivindicar nossos direitos como cidadãos estudantes. É através do Grêmio que organizamos debates para exercer nossos papéis de pensadores críticos e divulgar informações importantes aos alunos, além de organizarmos eventos esportivos e culturais, fazermos reverberar a indignação quanto à educação atual do país ou reivindicarmos nossos direitos junto à direção de ensino. Em suma, o Grêmio existe para representar você, aluno, assim como suas ideias.

O Grêmio do Cotuca, hoje, é composto pela participação voluntária dos alunos, sendo uma organização independente e não oficial, que tem como objetivo a propagação de informação, para dar forças ao movimento estudantil e motivar a participação e a união dos estudantes. O Grêmio é aberto para todos os alunos do colégio, sem nenhum critério de seleção; todas as participações são igualmente relevantes.

 

Reuniões e eventos

Todas as atividades feitas pelo Grêmio, inclusive as reuniões, são abertas para todos os alunos. As reuniões estudantis ocorrem quinzenalmente e são todas divulgadas no grupo Grêmio COTUCA / Mente Aberta, no Facebook. O próximo encontro ocorrerá no dia 25 de agosto, às 12h, na nova tenda, ao lado da quadra.

O Grêmio também organiza o Mente Aberta, espaço para debates com assuntos específicos discutidos a cada quinze dias, sendo que o primeiro ocorrerá no dia 18 de agosto.

Neste segundo semestre, também serão realizadas oficinas artísticas e políticas, como pintura de camisetas e debates com convidados especiais.

 

Mente Aberta

No primeiro semestre de 2015 aconteceram dois encontros do Mente Aberta, o primeiro para discutir a proposta de redução da maioridade penal, e o segundo para discutir o projeto de terceirização que estava em votação na Câmara dos Deputados. Os assuntos são previamente definidos a partir de uma votação no grupo do Facebook.

Alguns dos assuntos que estavam em votação nos encontros anteriores e que podem voltar à discussão de acordo como interesse dos alunos eram: meritocracia, liberdade corporal da mulher, legalização do aborto, legalização da maconha no Brasil, entre outros.

 

Grêmio se posicionando

Com o objetivo de chamar a atenção dos alunos para a emenda que consiste em proibir a possibilidade de discussão de gênero nas escolas municipais, o Grêmio organizou uma roda de debates e palestras com convidados especiais, podendo, assim, mostrar ao colégio como essa emenda nos influencia e também qual é a importância da liberdade do debate nas salas de aula. Essa mobilização resultou na organização de uma mesa de discussão que será realizada no dia 20 de agosto, às 19h, como parte das programações do Dia de Humanas no Cotuca.

 

Ingrid Corsi
Milena Gomes

1 Comentário

Entre na discussão e nos diga sua opinião.

Um dia dedicado às humanidades no Cotuca | Conexão Cotucaresponder
novembro 18, 2015 em 09:11 PM

[…] Entre as atividades realizadas no dia, estão o lançamento da primeira edição deste jornal; mesas redondas com temas importantes para a formação dos alunos como cidadãos e que complementam as aulas, como a crise política brasileira e a relação com a mídia; a Parada Poética, de Renan Inquérito, que foi um sucesso como atividade cultural; e, por último, um debate sobre a emenda que proíbe a discussão de gênero nas escolas, tema que foi sugerido pelo Grêmio Estudantil. […]

Responder: Um dia dedicado às humanidades no Cotuca | Conexão Cotuca Cancelar resposta