Congregação – Representantes discentes 2016/2017

A Congregação é um órgão de suma importância dentro do Cotuca, responsável pelas principais tomadas de decisão dentro do colégio. Ela conta com a participação de representantes de todos os departamentos e dos alunos. Nas votações que ocorreram nos dias 29 e 30 de março, foram eleitos 8 representantes discentes, sendo 4 desses suplentes. Tais representantes farão parte das reuniões desse órgão, para levantar e defender os interesses dos alunos.

Confira os representantes e suas propostas:

MAYRA FERNANDA MENDES BRAGA

Mayra pretende levantar propostas pertinentes aos alunos, buscando sempre representar os interesses deles frente às discussões da Congregação. Ela enxerga no Cotuca um déficit em relação ao ensino da área de Ciências Humanas, e pretende discutir o assunto; além disso, acredita ser de suma importância a discussão relativa ao alto índice de alunos reprovados em certas matérias e com professores específicos.
Acredita que a comunicação entre os alunos e a direção do Cotuca é precária e pretende se esforçar para mudar tal realidade. Exercitar essa comunicação entre alunos e direção, abrindo um canal para que todos se sintam à vontade para opinar, criticar e sugerir, é um meio excelente para começarmos a nos construir, tanto individualmente, quanto no coletivo, como cidadãos melhores.

 

JONAS MARTINS DEUSDARÁ

Jonas enxerga o Cotuca como mais do que um colégio técnico, por isso acredita ser extremamente importante a escola se responsabilizar por preparar os alunos para o vestibular por meio de atividades extracurriculares. Ele pretende propor a realização de um “provão” dentro do colégio, com questões dos vestibulares de anos anteriores, que deve funcionar como meio de auto avaliação. “Os alunos que vão prestar pela primeira vez poderiam ver o ‘estilo’ das questões e em quais matérias devem focar mais os estudos”.
Jonas afirma que, apesar de não dispor de muito tempo livre, se esforçará ao máximo para manter uma relação de conversa com os alunos, por meio principalmente das reuniões que os representantes da congregação pretendem realizar com os representantes das turmas e com os alunos que estejam interessados.

 

ALINE ALMEIDA GHIZZI

Aline afirma que, desde quando se candidatou, já buscava estreitar a relação entre as decisões da congregação e os alunos, por isso propôs realizar reuniões periódicas com os representantes de sala e outros alunos que quiserem participar, proposta que foi aceita por outros representantes discentes da congregação. Ela acredita que o assunto mais urgente é em relação aos dias da gincana: “agora a ideia é correr atrás e tentar aumentar a quantidade de dias da gincana, porque aceitaram mudar a gincana para para o segundo semestre, mas reduziram-na para dois dias”. Além disso, ela afirma que buscará reestruturar o grêmio do Cotuca.
Aline conta que levantará suas propostas de acordo com o que acontecer durante o ano, sempre defendendo as opiniões e posicionamentos dos alunos.

 

JOÃO CARLOS LOPES DO PRADO

João foi representante na Congregação em 2015. Ele aponta diversos problemas dentro do Cotuca, dentre os quais destacam-se: a falta de antecipação das pautas da congregação, os privilégios dos alunos do diurno em relação aos alunos do noturno, a falta de conhecimento dos alunos acerca dos seus direitos garantidos pelo regimento estudantil e o desrespeito desse mesmo regimento por funcionários da escola. Ele destaca uma das situações que viveu no ano passado, nas discussões sobre a mudança de horário: “eu estava preocupado que, com essa mudança, os alunos do noturno perdessem a aula de espanhol do horário das 18:15, para o horário do almoço. Alguns professores me garantiram que fariam com que o noturno não perdesse esse horário, então votei a favor da mudança, e mesmo assim os alunos do noturno perderam o horário de espanhol da janta”. João buscará defender, principalmente, os interesses dos alunos desse período que sofrem com essa exclusão.

É importante ressaltar que as pautas discutidas nas reuniões da congregação são criadas a partir das propostas levantados por alunos, professores e outros funcionários do colégio. Os alunos são parte significativa da escola, por isso é de suma importância que reivindiquem e levantem propostas que defendam seus interesses. Então, se você tiver alguma proposta relativa ao Cotuca, leve-a aos representantes para que ela faça parte da discussão nas reuniões da Congregação e possa trazer melhorias ao colégio.

2 Comentários

Entre na discussão e nos diga sua opinião.

Editorial – 3ª edição – Conexão Cotucaresponder
Abril 16, 2016 em 02:04 PM

[…] As organizações do Cotuca continuam a ser uma preocupação central para os integrantes do Conexão Cotuca. Nesse sentido, Douglas Cardoso e Gabriel Collado discutem o trote; Júlio Moreira fala sobre os estágios; André Piau e Giovanna Batalha apresentam as novas propostas para a gincana 2016; João Ruffatto e Giovanna falam sobre os novos representantes discentes da congregação. […]

A nova grade de horários da tarde está dando certo? – Conexão Cotucaresponder
agosto 30, 2016 em 12:08 AM

[…] são perceptíveis. Novos representantes (que podem ser conhecidos na reportagem Congregação – representantes discentes 2016/2017) estão desenvolvendo maior diálogo entre os alunos e criaram mais canais de […]

Deixe um comentário